quarta-feira, 18 de julho de 2007

RS e o Brasil de luto e com raiva desta situação





















A Anarquia neste pais a cada dia ultrapassa os limites do tolerável chegando a bestialidade. Tudo indica que o avião derrapou numa pista que não deveria ser liberada. Sem as ranhuras necessárias para segurar os aviões em seu pouso, nem mesmo o melhor piloto conseguiria parar um avião numa pista molhada.

Imagine a situação do piloto quando sentiu que os freios não estavam segurando o imenso avião, repleto de vidas e “embebido” em toneladas de combustível. Para quem dirige e sabe o que é derrapar num dia de chuva, pode imaginar isso. Eu já derrapei e quase morri, mas estava sozinho e é terrível essa sensação de estar com o destino a cargo da maquina, mesmo que seja por frações de segundo, a vida passa diante da gente mesmo.

Provavelmente, a meu ver, pois eu também faria, seria tentar evitar chegar ao fim da pista, fazendo uma curva qualquer, mesmo arriscando virar o mesmo. Só que a força, a inércia foi tanta que em poucas frações de segundo não foi possível evitar um prédio.

Provavelmente as pessoas dentro do aparelho nem notaram a manobra. Talvez alguns gritaram no momento da curva mas com certeza deveria estar já desmaiadas depois do forte impacto, quando foram consumidas pelo fogo. Se alguém sobreviveu ao impacto deve ter ouvido apenas a primeira explosão.

Esperamos que essas vitimas, agora provavelmente Anjos lá em cima, olhem por nós e tentem nos salvar do mesmo destino.

Um crime culposo que deveria ser punido mas se depender da boa (ou má) vontade do governo, vai terminar em pizza. O Presidente apenas diz que vai mandar investigar e pede rapidez, igual a o outro acidente ocorrido a menos de 10 meses. Acho que os familiares das vitimas deveriam processar o aeroporto e fechar o mesmo sim, para servir como exemplo.

Mas nada acontece. São crianças arrastadas pelas ruas, mulheres sendo espancadas por jovens da dita “sociedade”, índio sendo queimado por parecer mendigo e por ai vai. Depois me criticam quando digo que no tempo do regime militar as coisas não eram assim. Alguém lembra de coisas assim naquela época? Mas tem gente que prefere a tal liberdade em detrimento da falta de punição, da criminalidade sem fim que assola essa Pais.


Comente no Forum:

http://fabiosalvador.queroumforum.com/viewtopic.php?t=87

2 comentários:

Arlan Figueiredo disse...

Concordo com o que diz. Acho que a causa do acidente é uma soma de muitos fatores:
1° - Nossos governantes e nossa política de uma forma geral. Órgãos importantes como a ANAC são administrados por pessoas que não entendem do assunto - é a tal partidarização de órgãos públicos. O atual presidente da ANAC há tempos faz carreira política envolvido com o setor de turismo é só olhar o currículo do cara na página da ANAC. A vice é advogada!!!...o que eles entendem sobre o órgão que administram?? É assim que funciona - sempre quem governa precisa distribuir cargos para os partidos que o apóiam, e isso ocorre em todos os setores e em todas as esferas de governo – desde Federal, Estadual e até Municipal. Colocam-se pessoas filiadas aos partidos, na maioria das vezes nunca trabalhou na área e ignora-se o técnico especializado.
Falta competência e uma voz de comando! Acho que o presidente deveria demitir todos, colocar pessoas que entendam do assunto e exigir providências.
2º - O fator "pressão" - faz quase um ano que vivenciamos o caos absoluto no setor aéreo. Faz um ano que a imprensa denuncia!
Penso que para evitar mais polêmica e não estragar mais ainda a imagem do governo frente à opinião pública, as pessoas envolvidas com o funcionamento aéreo acabaram trabalhando sobre pressão para tudo transparecer tranqüilidade – controladores trabalhando sobrecarregados, aparelhagem obsoleta, etc. Numa dessas, para evitar maiores transtornos, e aeroportos congestionados novamente, liberam uma pista sem “grooving”, pouso de aviões em pista com excesso de água, avião sem reverso... tudo contribui para dar errado...
3º - As empresas – visando sempre lucro, levam todos para São Paulo visando distribuir passageiros e encher aviões de passageiros em Congonhas para um mesmo lugar em comum. Pressão das empresas para aeroportos funcionarem. Falta de manutenção adequada nos aviões. Um avião pode pousar sem reverso?? Pode, claro que pode!! Desde que não esteja completamente carregado, em dias de chuva e em pista sem grooving!!!
A soma de cada fator cima é, no meu ponto de vista, a causa do acidente! Espero que os culpados sejam punidos, as famílias indenizadas, que o governo crie vergonha na cara, e os problemas técnicos (todos) sejam resolvidos.
Para terminar, um país que está com economia crescendo há anos não pode deixar de investir nesse setor de aviação...já deveriam ter pensado em mais aeroportos para São Paulo, melhorar os demais do país e atualizar sistemas de gerenciamento de vôos, no mínimo 10 anos atrás!!!
Um abraço e parabéns pelo Blog.

´Laís Ribeiro disse...

Alguém por gentileza poderia solicitar a colocação de um guia de ruas de Viamão, tanto no site..VIAMÃO HOJE, como no da Prefeitura de Viamão. É impossivel até para quem é de Viamão conseguir se achar nas ruas, é uma questão de utilidade pública.
Atenciosamente
Laís Ribeiro