segunda-feira, 17 de março de 2008

Minha Casa é Assombrada!


Calma, não é um chamado para caravanas ou para curiosos. Na verdade, pelo que tenho notado, a maioria das casas são assombradas ou experimentam fenômenos estranhos. Pelo menos aqui em Viamão. Eu não acredito em Assombrações no conceito que as pessoas o imaginam. Sei que minha casa é assombrada por relatos de outras pessoas, mas nunca presenciei nada. Alem disso, não sei se é bem ou mau assombrada!

Antigamente, quando não havia a TV, nem radio, nem mesmo a luz elétrica, as pessoas iam dormir cedo e quanto muito ficavam à conversar a luz de velas. Naquela época eram comuns historia de assombrações, visões e demais fenômenos. O próprio ambiente propiciava a “aparição” destas entidades. Com o advento da luz elétrica os fantasmas foram todos exorcizados. Com apenas um click sumiam e as sombras nas paredes desapareciam; vozes estranhas se calavam e sons de corrente deixaram de ser ouvidos.

Certo dia, uma semana após minha mãe ter morrido, uma cunhada que estava lavando a louça jura que um chicára se deslocou no ar e minha esposa alega que viu também. Tentei explicar que poderia ser correntes de ar, uma maneira diferente de cair sei lá. Já meu filho incontáveis vezes já viu pessoas caminhando dentro de casa. Uma vez até mesmo usando meu computador! Claro que ele estava desligado, mas a criatura vestida de preto com detalhes em roxo estava olhando para o monitor. O estranho que eles não tem hora. Pode ser a noite, de tarde, de manhã etc.

Recentemente meu filho me chamou no quintal (a noite), porque tinha visto um Et! (quem sabe um gnomo ou outra entidade). Mas ele me disse que era mesmo um Et, pois ele abriu os galhos das arvores para poder olhar. Se fosse um fantasma ou algo assim atravessaria direto. E lá fomos nos com lanternas procurar o dito cujo. Confesso, sem vergonha na cara, que me passou um frio quando estava no quintal, em meio as arvores! Não que tenha sentido algo, mas pensei: “E se eu dou de cara com um Et?”. Terreno explorado, nada visto, a não ser as costumeiras luzes que todas as noites vemos se movendo no céu. Mais tarde descobri que minha esposa também vê sistematicamente pessoas e outros fenomenos estranhos.

Desnecessário dizer que varias pessoas das mais diversas correntes religiosas já estiverem aqui. Um Sr. Mediun encontrou “problemas” atráz da porta de meu quarto, isso quando era ainda solteiro. Justamente atraz desta porta havia um calendário de uma garota completamente nua (eu tinha 15 anos pessoal!). Alguns passes de mágica e ele disse que ela foi embora (a entidade).

Depois vieram pessoas de outras seitas nada convencionais e disseram que havia mesmo alguém nesta casa e nova “limpeza” foi feita, não a meu pedido é claro, mas por iniciativa delas. O ultimo que esteve aqui em casa foi um Rapaz se não me engano evangélico, que disse ver um espectro que não queria abandonar a garagem e que não sabia que tinha morrido, ou não aceitava esta idéia. Ora, o cara tem que ser muito mané para não saber que morreu!

Seja como for, vivemos numa boa com estes seres. Eu prefiro acreditar que são seres vivos de outras dimensões. Segundo a física há mais de 11 dimensões e só temos noção de 4 delas: altura, largura, comprimento e tempo. Acho eu que talvez universos paralelos se cruzam e as vezes, algumas pessoas notam estes efeitos. Talvez pessoas que operem em freqüências diferentes consigam ver coisas diferentes. Nada a ver em estar ou não preparado. O universo funciona numa boa com suas leis. Não conhecemos nem 1% dela e achamos que sabemos de tudo a ponto de que quando algo inexplicável surge, levamos para o lado sobrenatural. O avião, a TV e o celular seriam coisas sobrenaturais a alguns anos, com a possibilidade de você ir para a fogueira se surgisse com algum deles!

Um comentário:

cavalodebengala disse...

Caraca man , foda de mais isso ! KKKKKKKKK , na boa , é assombrada mesmo ? Eita , tu é muito foda, é u_ú Se fosse eu já teria saido correndo mas ta ne u_ú q UHAUSHUAHSUHAUSHAUHS euri/